SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

Collor apresenta a Temer



Collor apresenta a Temer plano de “reconstrução nacional


Collor apresenta “plano de reconstrução” a Temer. Vem aí novo confisco da poupança? 


Liderando um grupo de dez senadores, o ex-presidente e senador Fernando Collor de Mello (PTC-AL) apresentou hoje (26) ao vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), uma proposta de “reconstrução nacional”. Único presidente cassado depois da redemocratização, Collor disse que o plano foi elaborado por senadores do PTB, PSC, PRB, PTC e PR.

“Pedimos a audiência para apresentar a ele [Temer], como já apresentamos ao Senado, à sociedade, e também ao Palácio do Planalto, um programa fruto de estudos realizados pelo próprio bloco de reconstrução nacional. Uma série de observações que entendemos importantes para que, em sendo seguidas, possam retirar o país da crise”, disse Collor.

O ex-presidente não quis comentar o processo de impeachment de Dilma Rousseff, em análise no Senado.

Tucanos

A convite de Temer, os líderes do PSDB no Senado, Cássio Cunha Lima (PB), e na Câmara, Antônio Imbassahy (BA), também estiveram na noite de hoje no gabinete da Vice-Presidência para tratar da transição de governo caso o Senado decida afastar Dilma do cargo.

Em tom cauteloso, Cunha Lima condicionou o apoio da legenda a um eventual governo Temer à assinatura de “compromissos programáticos” e a uma mudança na forma da condução do país e da construção da coalização política.

“Esse relacionamento institucional que o PSDB deseja é que o PMDB não faça conosco o que o PT fez com eles, de dividir o partido e não ter propostas para o Brasil. É muito simples. Temos propostas. O partido tem uma estrutura orgânica, uma direção, uma executiva e a conversa deve respeitar essa institucionalidade”, disse o senador tucano antes da reunião com o vice-presidente.

Temer continua a ouvir sugestões para formação de governo caso haja impeachment
Centrais sindicais entregam documento com demandas trabalhistas a Temer
Segundo Cunha Lima, o apoio do PSDB a Temer pode se dar, inclusive, sem a distribuição de cargos. “Com ou sem cargos. O importante agora é o compromisso com o país e com esses pontos que julgamos importantes para tirar o país da crise.”

O documento com os compromissos, que os tucanos pretendem apresentar na próxima terça-feira (3), deve exigir do futuro governo a garantia de manutenção das investigações da Operação Lava Jato e mudanças conjunturais na economia.

“Apoio integral à Operação Lava Jato, que tem que prosseguir com o governo dando toda a atenção, o combate à corrupção, à roubalheira e diria, como grande ponto, a reconstrução da economia. Aprovamos a admissibilidade do impeachment na Câmara por conta da presidente ter cometido crime de responsabilidade, mas também na expectativa de o país ver sua economia reconstruída”, disse Imbassahy.

Segundo Cunha Lima, o país precisa reduzir o tamanho do Estado e equilibrar as contas públicas, além de medidas para aumentar a produtividade da economia nacional. O tucano também defendeu privatizações e mais concessões ao setor privado.

“O Brasil precisa se tornar um país moderno e competitivo globalmente para que através da expansão do nosso mercado externo, com exportações e conquistas de mercados, tenhamos uma parte de saída para essa crise. Que passa por concessões, privatizações, para que possamos atrair investimentos”, listou, na saída da reunião com Temer.


Além dos parlamentares do PSDB, Temer também recebeu nesta terça-feira lideranças do PR, PTB, PSC, Solidariedade e PMDB. Para o líder do PSC na Câmara, deputado André Moura (SE), o vice deve buscar um governo de “reconstrução” e “conciliação nacional”.

“Um governo, acima de tudo, de todos os partidos que estiveram no processo de impeachment. Foram 367 deputados [que votaram pela admissibilidade da denúncia contra Dilma] e espero que tenhamos uma vitória grande no Senado para que ele [Temer] possa conduzir os destinos do nosso país, fazendo um governo de coalização, união, que é a única maneira que temos para tirar o país da crise.”

Para o líder do PTB na Câmara e relator do processo de impeachment na Casa, deputado Jovair Arantes (GO), Temer já tem que tratar da formação do futuro governo. “Ele tem que estar preocupado porque as coisas estão acontecendo. O Senado, certamente, poderá aprovar o impedimento e ele tem que se preocupar. Agora é contagem regressiva.”

Sebrae



Sebrae disponibiliza capacitação empreendedora para trabalhadores do campo

Negócio Certo Rural vai beneficiar empreendedores de cinco municípios da regional de Santa Inês

Empreendedores rurais dos municípios de atuação da regional do Sebrae em Santa Inês, terão a oportunidade de se capacitarem através do programa Negócio Certo Rural, uma parceria entre o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) e o Sebrae, que tem como propósito capacitar produtores rurais em todo o Maranhão.
O treinamento será direcionado para grupos de trabalhadores do campo do Alto Turi e Gurupi, que são atendidos pelo Sebrae por meio do projeto Desenvolvimento Econômico Territorial-DET, envolvendo pessoas que atuam na criação de peixe, apicultura, horticultura e fruticultura.
No período de 11 a 15 de abril, o gestor do Sebrae, Adalberto Fraga, que é responsável pelo projeto e a supervisora do Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCR), Agriciomar Melo, estiveram nos municípios de Cândido Mendes, Amapá do Maranhão, Godofredo Viana e Luís Domingues, apresentando o programa que será desenvolvido em cinco turmas, a partir de hoje (25), com o propósito de levar gestão para as propriedades rurais.
De acordo com Adalberto Fraga, a ideia de frequentar uma sala de aula foi bem aceita pelos produtores rurais que tem mais familiaridade com treinamentos técnicos, focados na produção, especificamente na parte de plantar e colher.
“A partir do momento que foi lançada a proposta de trabalhar a administração do negócio rural, que envolve controle, viabilidade do negócio, custo de produção e estratégias de comercialização, eles tiveram o entendimento de que não basta apenas produzir tecnicamente, é preciso mais conhecimento, pois a propriedade é um negócio que precisa ser implementado com informações e ferramentas de administração de propriedade rural”, concluiu Fraga.
Além das aulas teóricas, serão realizadas consultorias nas propriedades dos participantes.
Gilciléa Marques
Unidade de Marketing e Comunicação
Regional do SEBRAE em Santa Inês - Ma
Contatos: (98) 8237-3242
Sebrae – Santa Inês -MA (98) 3653 2461

“Vamos começar um novo partido”,




O deputado federal e novo presidente estadual do PP, André Fufuca, disse que o Partido Progressista a partir de agora, vai, digamos, se reinventar. Desde o último dia 19, a direção nacional do Partido, em nome do presidente e senador Ciro Nogueira, emitiu certidão de validação do nome de Fufuca para o comando do Partido no Maranhão. “Vamos começar um novo partido”, disse André Fufuca.
A outra grande novidade é o deputado estadual Wellington do Curso, que foi alçado ao posto de presidente municipal do Partido.
Deputados André Fufuca e Wellington conversam com o presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira
A realidade é uma só: Com André Fufuca no comando Estadual e Wellington do Curso a frente do Diretório Municipal, o que se espera do Partido, é uma nova roupagem dentro da legenda.