Bira defende fortalecimento do curso de Medicina em Pinheiro

Bira defende fortalecimento do curso de Medicina em Pinheiro
Sem aulas há dois meses, uma comitiva de estudantes de Medicina da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), campus de Pinheiro, entregou ao deputado estadual Bira do Pindaré (PSB) um serie de reclamações sobre a situação do curso. O assunto foi levado à tribuna da Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema) pelo parlamentar, que manifestou preocupação e defendeu o fortalecimento do curso no município.
“Há dois meses sem aula por falta de professores, de salas de aula e de equipamentos em laboratórios. É uma preocupação, e estou procurando a reitoria da Universidade para que a gente possa aprofundar o diálogo e ver de que maneira é possível a colaboração de todos e de todas as instituições que puderem alcançar esse objetivo no sentido de fortalecer a presença do curso de Medicina no município de Pinheiro”, adiantou.
O deputado lembrou que o curso, quando anunciada a implantação do curso em Pinheiro – e também em Imperatriz, gerou um sentimento de vitória e alegria na população. Isso, segundo ele, porque há uma carência muito grande de médicos no Maranhão, visto que é o estado com o menor número desses profissionais por habitante do país.
Para ele, o investimento na formação de médicos é um fator decisivo para reverter o quadro e o sucateamento ou a não garantia de fortalecimento desses cursos está na contramão da solução do problema. Nas palavras dele, é uma situação que não pode admitir nem por hipótese. “Portanto, quero ouvir a Universidade e saber de que maneira nós podemos acionar, seja na esfera estadual ou federal, as medidas necessárias para ajudar na solução desses problemas. O que não pode é ficar a situação que se encontra hoje”, reforçou.
Bira pontuou ainda que os estudantes manifestaram grande preocupação também em relação ao acesso ao campus. Durante o pronunciamento, propôs ao Governo do Maranhão que tome, como medida emergencial, a inclusão da MA-006, trecho do centro da cidade de Pinheiro até o povoado Pacas, no programa Mais Asfalto. De acordo com ele, recuperação completa da rodovia vai garantir o acesso de estudantes e professores às dependências da Universidade, além de melhorar o trafego para toda a população.
O parlamentar acrescentou duas outras reivindicações que estão na pauta dos estudantes. O primeiro é o acesso com passe livre através do ferryboat e da meia passagem veicular – para beneficiar tanto estudantes quanto os professores, tema que será tratado com a Agência Estadual de Mobilidade Urbana (MOB). Já o segundo, é sobre mecanismos que podem ser adotados junto a Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema) no sentido de fortalecer o curso em Pinheiro.
“É uma preocupação trazida pelos próprios estudantes, que estão se mobilizando e pedindo força a nós, parlamentares estaduais e também aos federais, para que a gente possa tomar as providências e salvar o curso de Medicina no município de Pinheiro. Portanto, estamos juntos nessa luta porque é preciso que a gente fortaleça a formação de médicos no Estado do Maranhão.”, concluiu.
Share:

Blog Archive

Blog Willian Redondo - WhatsApp - (98) 9966-8347

Blog Willian Redondo - WhatsApp - (98) 9966-8347
E-mail: willian.redondoombrods@gmail.com