Guarda municipal natural de Bacabal é assassinado a tiros em Marituba, no Pará

Por triste coincidência dois bacabalenses que residiam no Estado do Pará perderam a vida tragicamente neste domingo (7) em circunstâncias e municípios diferentes. Outra coincidência é que familiares de ambos moram no mesmo bairro, Pedro Brito, em Bacabal.

Warllem da Silva Reis, de 32 anos, foi morto por disparos de arma de fogo na porta de sua residência no bairro Parque dos Carajás, em Parauapebas, no Pará.

Outro caso

Já o guarda municipal de Marituba, Gilson Barros Dias, também de 32 anos, foi morto a tiros quando saía de um bar. Os tiros atingiram a sua cabeça, um dos braços e o abdômen. Ele deixa esposa e dois filhos.

O corpo do guarda municipal começou a ser velado às 14 horas desta segunda-feira (8), no Ginásio Poliesportivo de Marituba. O sepultamento está marcado para a manhã desta terça-feira (9).

Gilson, que estava à paisana, chegou a ser levado para o Posto de Urgência e Emergência de Marituba, mas não resistiu e morreu por volta de 5h desta segunda-feira (8).

A suspeita é de que Gilson tenha sido vítima de um latrocínio (roubo seguido de morte), já que teve a moto levada. Não se sabe ainda se outros pertences, inclusive sua arma, foram furtados e nem se a vítima teria reagido ao assalto.


Share:

Blog Archive

Blog Willian Redondo - WhatsApp - (98) 9966-8347

Blog Willian Redondo - WhatsApp - (98) 9966-8347
E-mail: willian.redondoombrods@gmail.com