O ódio de Andrea Murad com a saúde é que Flávio Dino faz o que o pai dela não fez

Sentindo falta dos cofres da SES, Andrea Murad ataca os avanços da saúde no governo Flávio Dino
A deputada estadual Andrea Murad, filha do ex-secretário da SES no governo Roseana, Ricardo Murad, diariamente expele sua fúria contra os avanços da saúde no Governo Flávio Dino. Só se esquece de dizer que o pai dela foi classificado pela Polícia Federal como chefe de uma quadrilha que desviou mais de R$ 1 bilhão dos cofres públicos, no escândalo denominado de “Máfia da Saúde”.

A sanha de Andrea tem razão de ser. Depois de perder a boquinha que irrigava privilégios e campanhas eleitorais, ela anda odiosa com a atual situação da saúde no Maranhão, pois o governo Flávio Dino está conseguindo fazer o que o pai dela não conseguiu à frente da pasta: construir e equipar hospitais regionais, de alta resolutividade e que atendam as demandas da população, com a aplicação correta do dinheiro público, sem montar programas com objetivos escusos e criminosos. Portanto, a ira da deputada deve-se à perda da fonte que irrigava os bolsos e campanhas de integrantes do governo da oligarquia.

Depois de herdar uma saúde completamente desorganizada e com abominações que vão contra todas as determinações do SUS, Flávio Dino arrumou a casa e está construindo um sistema regionalizado e integrado. A iniciativa, inclusive, foi elogiada em recente visita do ministro da Saúde, Ricardo Barros, a São Luís.

O passado, marcado por hospitais fantasmas e promessas nunca cumpridas, está ficando cada vez mais para trás. Com isso, a tática de Andrea é atacar incessantemente o governo da mudança real e verdadeira, tendo guarida e apoio dos veículos ligados à oligarquia Sarney, mesmo que as denúncias não passem de absurdos infundados.

Um exemplo de desespero e irresponsabilidade está nos ataques ao Hospital de Traumatologia, iniciativa inédita do Governo do Estado, que vai desafogar outros hospitais na capital e também no interior. O rancor da parlamentar é tão grande que ela critica o aluguel do espaço, coisa óbvia, já que a estrutura está passando por um processo de reforma e ampliação para abrigar os maranhenses.

Sem elementos para denunciar corrupção contra Flávio Dino, Andrea Murad vai criando situações esdrúxulas para tentar atacar o governo. E cada vez mais as críticas vão parecendo dor de cotovelo, de quem não conseguiu fazer no passado e não quer que seja feito no presente.

Típico pensamento político de quem não se importa com o povo e que sempre olha para o próprio umbigo, enquanto sonha com a retomada dos cofres do Estado.
Share:

Blog Archive

Blog Willian Redondo - WhatsApp - (98) 9966-8347

Blog Willian Redondo - WhatsApp - (98) 9966-8347
E-mail: willian.redondoombrods@gmail.com