SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

LEONARDO SÁ E FILUCA, JÁ SENTARAM NA MESMA MESA, OTHELINO NETO O CABO ELEITORAL DE LEONARDO SÁ



LEONARDO SÁ E FILUCA, JÁ SENTARAM NA MESMA MESA, OTHELINO NETO O CABO ELEITORAL DE LEONARDO SÁ


Os últimos dias os pinheirenses estão com os olhos voltados para divergência pessoal e política envolvendo o diretor do Hospital Macrorregional da Baixada – o medico Leonardo Sá e o prefeito de Pinheiro Filuca Mendes.
A discórdia entre os dois já é conhecida há muito tempo por toda Pinheiro. Vamos tentar dividir os fatos em capítulos.
PRIMEIRO CAPITULO – FASE DO PASSADO: O desacordo começou quando o medico Leonardo Sá deixou o grupo de Filuca e aderiu ao grupo do ex- prefeito Zé Arlindo. O prefeito não gostou além de tudo foi o prefeito quem abriu a porta da casa para o medico. O resto da historia familiar é de conhecimento de todos.
SEGUNDO CAPITULO FASE ATUAL: A briga atual entre as duas personagens teve como pano de fundo o hospital macrorregional e o colégio Alnir Soares, ou seja, foi asfaltada uma área em frente ao hospital, sendo que a massa asfáltica não foi estendida até a parte da frente do colégio do Município a cem metros do Hospital  o que deixou o prefeito Filuca indignado.
TERCEIRO CAPITULO- Insatisfeito com a decisão do governo do estado em autorizar somente o asfalto na frente do hospital fez com que Filuca mandasse construir uma CERCA de madeira na altura de aproximadamente dois metros para SEPARAR as áreas e ainda colocou uma faixa com o seguinte texto “ Custaria ao governo estender o asfalto por mais cem metros e também beneficiar os alunos da escolar Municipal? Parceria com Pinheiro se faz assim: beneficiando a todos sem distinção e politicagem”  
QUARTO CAPITULO – Ontem (02) a tarde a CERCA foi derrubada, até agora não foram identificados os autores da proeza. Em substituição a cerca o prefeito mandou fazer duas valas. Como defesa o prefeito afirma que a CERCA foi edificada somente para colocar a FAIXA. Cabe a seguinte pergunta. Precisar fazer uma cerca dessa proporção para colocar uma faixa, sendo que a mesma poderia ser afixada nas grades da parede do colégio?
QUINTO CAPITULO –  Já são três mandatos do prefeito Filuca sem contar os dois anos que ainda ordenou no governo de Zé Arlindo e somente agora descobriu que os alunos estão comendo poeira, Já deu tempo para Filuca mandar asfaltar a frente da escola e reformá-lo  e não o fez.     
CAPITULO FINAL: Quem está indignado com essa picuinha política entre as duas personagens dessa historia de péssimo enredo, são os pinheirenses. Onde o prefeito tenta tirar o dele da reta diante de sua responsabilidade como administradora municipal  e o medico Leonardo Sá teve assumir os atos como diretor.