SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

Agente Penitenciário do Maranhão é encontrado morto dentro de Corolla na Avenida João XXIII, zona leste de Teresina

De acordo com familiares de Karillo, atualmente o jovem não estava exercendo a profissão de advogado, pois estava trabalhando como agente penitenciário em Barão de Grajaú, no Maranhão.

O advogado e agente penitenciário, Karillo de Araújo Saraiva, 26 anos, foi encontrado morto após um acidente na Avenida João XXIII, zona leste de Teresina, na manhã do sábado (26).

Um casal de irmãos estava parado em um sinal na Avenida João XXIII em uma S10, por volta das 5h40, quando foi surpreendido pelo Corolla que bateu na traseira da caminhonete. Segundo Jussara Maria, uma das ocupantes da S10, ao abrir a porta do outro veículo, a polícia encontrou o rapaz morto e com uma arma entre as pernas.

“Eu e meu irmão estávamos parados no sinal, quando a gente só viu a batida. A gente achando que ele queria ligar o carro, mas era a zoada do motor, aí meu irmão ia abrir a porta pra ver, só que um cara do outro lado, falou assim: ‘não abre não, vai que ele esteja armado’. Aí a gente ficou afastado, com medo que ele estivesse armado. Ligamos para a polícia e para o Samu. Deu meia hora, na hora que chegou o Samu e a polícia, os policiais abriram e viram a arma, e ele estava morto. A arma estava entre as pernas e a mão no gatilho e a boca aberta”, detalhou Jussara.

O casal de irmãos não sofreu nenhum ferimento. A Polícia Militar fez o isolamento da área até a chegada da perícia e do Instituto de Medicina Legal. A arma usada na morte de Karillo foi uma .40.

De acordo com familiares de Karillo, atualmente o jovem não estava exercendo a profissão de advogado, pois estava trabalhando como agente penitenciário em Barão de Grajaú, no Maranhão. O rapaz era natural da cidade de Floriano, no Piauí.