JUSTIÇA COM AS PROPRIAS MÃOS: População lincharam 3 assaltantes na cidade de Altamira do Maranhão



Na manhã desse sábado (19) a população de cidade de Altamira do Maranhão fizerem justiça com as próprias mãos, segundo informações populares localizaram e mataram os elementos que havia praticado um assalto contra um casal de moradores da cidade.
O assalto aconteceu na ultima quinta-feira (17)no Povoado Duas Barracas município da Santa Luzia do Tite que faz limite com a cidade de Altamira, no assalto os elementos mataram o senhor identificado por “ARÃO” e ainda balearam sua esposa que foi socorrida e identificada por “ROSILENE”.
Vitima senhor Arão
Na mesma noite de quinta-feira (17) familiares e amigos das vitimas conseguiram localizar um dos assaltantes identificado por “SORVETEIRO”, que morto pelo os populares. A cassada continuou no intuito de localizar os outros dois elementos que haviam praticado o assalto e no começo da manhã desse sábado (19), os elementos apareceram na cidade de Altamira colhendo informações sobre qual localidade estavam populares agarram os mesmos e lincharam até a morte, os elementos foram identificados por “FILIPINHO” e “PAULO” ou “TIGRÃO”, ambos da cidade de Santa Inês -MA e com varias passagens pela a policia por suspeitas de roubos, assaltos e homicídios.

Os elementos foram linchados nas proximidades do Povoado Duas Barracas, no mesmo local que houve o latrocínio, que vitimou o senhor Arão.
Share:

DELEGADO DESMENTE SUPOSTO SEQUESTRO DE CRIANÇA INVENTADO PELA OPOSIÇÃO


Ontem pela manhã, grupos de Whatsapp bombaram com a suposta denúncia do sequestro de uma criança do Hospital Materno Infantil em Pinheiro. Blogueiros de oposição à administração municipal, divulgaram intensivamente tal mentira. No entanto, os argumentos inconsistentes e o desencontro nas informações começaram a ruir a pouca reputação dos blogueiros de aluguel.
Ainda na manhã de ontem, a direção do Hospital Materno Infantil, esteve presente na delegacia para esclarecer o caso e explicar o que realmente havia acontecido.
Informações prestadas à polícia pelos envolvidos no caso do suposto sumiço da criança, contestaram afirmativas da oposição que tentaram, sem êxito, criar um ambiente de insegurança nos hospitais da rede pública municipal.
O Delegado de Polícia Civil, Sr. Carlos Renato Oliveira de Azevedo recebeu a Sra. Jucilene Estrela Costa (Lenoca) Ex Gestora do Hospital onde ocorreu o fato, que afirmou que no dia 06 de Agosto, era ela quem estava na direção da casa de saúde.
Em entrevista, a Sra. Jucilene disse que de fato a Sra. Claudenice Leite Ferreira, que segundo a irmã, sofre de problemas mentais, deu luz a uma criança. Dois dias após o nascimento, a Sra. Natianne Moreira, Assistente Social do hospital, informou ao Conselho Tutelar sobre a rejeição por parte da família da criança e no dia 10 de Agosto, a Senhora Claudenice, após alta médica, retornou para Peri-Mirim acompanhada de sua mãe.
Na matéria publicada pelo Blogueiro da oposição, foi afirmado que a denúncia foi feita pelos familiares da criança, mas o Delegado afirmou em entrevista que quem fez a denúncia foi o Conselho Tutelar de Peri Mirim, onde ninguém da família compareceu à delegacia para prestar queixa, assim caracterizando o abandono da criança. Após colher o depoimento da Sr. Jucilene, o Delegado declarou que a criança não foi sequestrada, uma vez que a equipe do hospital entregou a criança para a família, por estar abandonada.
Será que seria melhor para a criança ficar “abandonada” no hospital, sem amor e apoio de uma família? Infelizmente há muitas crianças crescendo sem amor e sem cuidados necessários para pequenos seres que foram deixados por tantos motivos doloridos.
A família que levou a criança para casa, mesmo que sendo temporariamente, até a pequena encontrar um lar, se sensibilizou, e decidiu cuidar. Essa é uma atitude de pessoas que ensinam o amor, a amar a si mesmo e ao próximo, pois é esse amor que move o desejo de adotar, que dá a certeza de que a criança precisa de você e dos seus cuidados.
Ainda é preciso melhorar tanta coisa neste mundo, que não há tempo para descansar e nem para negligenciar, ficar quieto diante de tantos fardos e dores implantados pelo descaso.
Share:

FARMÁCIAS POPULARES SÃO FECHADAS EM TODO O PAÍS PELO GOVERNO FEDERAL, INCLUSIVE PINHEIRO


A Prefeitura Municipal de Pinheiro recebeu uma notificação do Ministério da Saúde no dia 14 de Junho de 2017. 
A decisão proferida requer o encerramento das atividades da unidade de Rede Própria do Programa Farmácia Popular do Brasil no município de Pinheiro.
Em função da decisão proferida pela Comissão Intergestores Tripartite (CIT) no dia 30 de março de 2017, informam que o fim do repasse de manutenção e desapropriação da unidade da Rede Própria do Programa Farmácia Popular do Brasil no município de Pinheiro, ficando autorizado o fechamento desta unidade na data de 30/06/2017.
O governo decidiu fechar as farmácias do programa popular que são mantidas com recursos federais. Os pacientes agora vão ter que recorrer às farmácias conveniadas.
O problema é que nem todos os remédios estão disponíveis nessas farmácias. As conveniadas oferecem 25 medicamentos de graça ou com preços baixos. Nas farmácias que foram fechadas – as do governo federal- são oferecidos 125 remédios.
Foi para economizar dinheiro a decisão de não repassar mais verba para manter as farmácias abertas. O governo diz que a maioria das pessoas que buscam essas farmácias quer medicamentos que são encontrados também nas farmácias conveniadas.
O Ministério da Saúde informou que em média, por mês, o programa atende quase dez milhões de pessoas, principalmente aquelas com 60 anos ou mais.
Essa foi mais uma tentativa da oposição de atacar a atual gestão, onde tentaram passar para a população que a culpa do fechamento dessas farmácias seria da gestão municipal de Pinheiro, sendo que essa foi uma decisão do governo federal.
Share:

PRIMEIRA-DAMA THAÍZA HORTEGAL MOSTRA SEU EMPENHO COM A POPULAÇÃO E FAZ VISITA AO HOSPITAL ANTENOR ABREU

A Primeira-Dama do município de Pinheiro, Thaíza Hortegal, mostra sempre a sua preocupação com a população pinheirense, que mesmo não exercendo nenhum cargo político na cidade, se empenha e corre atrás de benéficios para o município, juntamente com o prefeito João Luciano.

E dessa vez, a mesma fez uma visita recente ao Hospital Antenor Abreu. Na ocasião, esteve visitando uma área que receberá a instalação de uma UCI-Unidade de Cuidados Intensivos – com a instalação dessa estrutura, o Hospital poderá receber pacientes de média e alta complexidade para o suporte adequado para o tratamento exigido.
A UCI é um serviço polivalente que recebe doentes das várias especialidades. A situação de doença torna as pessoas mais suscetíveis a contrair infeções. Para sua segurança e também dos doentes internados poderá ser-lhe solicitado que utilize alguns meios de proteção e que seja seguido rigorosamente as instruções que lhe forem dadas pela equipa de enfermagem.
O doente internado na UCI está rodeado de um conjunto de equipamentos que garante uma correta vigilância e tratamento. Todas as unidades funcionais, espaço onde se encontra a cama do doente, são monitorizadas centralmente permitindo uma vigilância contínua de alguns parâmetros vitais. Caso seja necessário apoio respiratório estará também nesse local um ventilador mecânico que o prédio do Hospital Antenor Abreu já dispõe.
Dra. Thaíza falou da importância que um tipo de atendimento desses tem, ela ressaltou que apesar do Macro Regional dispor de 13 leitos de UTI – Unidade de Tratamento Intensivo, sendo 10 adultos e 3 pediátricos, a instalação dessa UCI no Antenor Abreu vai promover uma melhoria significativamente no tratamento de saúde dos pinheirenses.
Share:

Oposição estrebucha porque alugar e reformar é o caminho mais rápido e barato para HTO…


Governador disse que a reforma do hospital está entrando em fase de conclusão
Perto de inaugurar mais uma obra que mudará o patamar da saúde no Maranhão, o governador Flávio Dino (PCdoB) tem sido alvo de constantes ataques da oposição sarneysista por conta da reforma da Clínica Eldorado, que vai abrigar o Hospital de Traumatologia e Ortopedia (HTO). São várias as justificativas do governo que levam a crer que esse foi o melhor caminho para oferecer, com agilidade e qualidade, essa importante especialidade.
Atualmente, São Luís possui apenas 16 leitos de ortopedia, que funcionam em um puxadinho do Hospital do Câncer. Com o HTO, São Luís passará a ter 44 leitos, sendo 10 para Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e o Maranhão será o primeiro estado do Nordeste com uma unidade de alta complexidade destinada ao exclusivo atendimento traumaortopédico, ambulatorial e cirúrgico, no sistema público de saúde.
Se fosse construir um hospital nos mesmos moldes, o governo do Estado gastaria em torno de R$ 20 milhões, ou seja, valor correspondente ao que vai gastar em 20 anos de aluguel. O tempo de construção também pesou, já que uma unidade deste porte demoraria cerca de três anos para ser finalizada. Com o aluguel, o Governo atenderá 9.600 pacientes a mais nos dois anos que ganhou com a agilidade de reformar um prédio já existente.
Após essa análise, só não enxerga que alugar e reformar um prédio como o da Clínica Eldorado é o caminho mais rápido e barato para o HTO. A oposição esperneia porque não conseguiu, em décadas no poder, fazer o que Flávio Dino está fazendo em apenas dois anos e meio. A clínica sempre esteve lá, inclusive alugada para esses que estrebucham quando estavam no poder, mas parece que faltou vontade de melhorar a qualidade de vida do povo.
Share:

Mentor de grandes assaltos no Pará e no Maranhão é morto durante velório da esposa


Uma ação conjunta entre as polícias do Pará e do Maranhão, realizada na madrugada deste sábado (19), resultou na morte de Jorge Marques Junqueira, o “Manchinha”, suspeito de ser mentor e participante em assaltos a bancos e empresas de transporte de valores nos dois estados. Natural de Imperatriz (MA), ele estava no velório da esposa, em Salinópolis, quando foi surpreendido pelos policiais. Houve troca de tiros.

De acordo com informações do Major Josemar, comandante da PM em Salinópolis, a ação ocorreu por volta das 3h, quando os policiais civis e militares chegaram na casa localizada no bairro Bom Jesus. O Grupo Tático Ostensivo (GTO) da PM deu suporte.

Ao perceber os agentes, Jorge reagiu e um dos tiros atingiu a clavícula de um investigador da Polícia Civil maranhense. Após os primeiros socorros, o policial foi transferido para o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, em Ananindeua.

O policial será submetido a uma intervenção cirúrgica. A Diretoria de Atendimento ao Servidor da Polícia Civil já disponibilizou uma assistente social para acompanhar o investigador no HMUE.

"A ação foi comandada pelo delegado Fausto Vulcão, titular da delegacia de Salinópolis. Os policiais cumpriam mandado de prisão preventiva expedida pela Justiça maranhense", informou o militar.

Jorge foi alvejado e morreu no local. Uma pistola 380 com dois carregadores foram apreendidos. Pessoas que estavam no velório foram encaminhadas à delegacia para prestar depoimentos.

O suspeito era alvo de investigação por ter participado de vários assaltos a agências bancárias, como em São Geraldo do Araguaia, e também do assalto ocorrido em setembro de 2016 à empresa de transportes de valores Prossegur, localizada em Marabá.

Jorge Junqueira morava há um mês em Salinópolis. Por ser foragido da Justiça maranhense, o criminoso não poderia participar do velório da companheira, em Imperatriz, conhecida como Aline Lucas. Ela teria morrido de causas naturais. Contudo, segundo informações da Polícia, comparsas de “Manchinha” teriam transportado o corpo até Salinópolis, a fim de que ele pudesse velar a esposa, que também teria participado ao assalto da Prossegur.

ALTA PERICULOSIDADE

Ainda segundo o comandante de polícia de Salinópolis, Jorge era considerado um criminoso de alta periculosidade tendo realizado grandes assaltos.

Ele é suspeito de envolvimento no roubo a uma empresa de transporte de valores, a Prosegur, ocorrido no ano passado, em Marabá, sudeste paraense. Na ocasião, a quadrilha usou dinamites e explodiu o prédio da empresa.

Outro assalto que Jorge estaria envolvido ocorreu no mês de maio deste ano na cidade de São Geraldo do Araguaia, ocasião em que duas agências foram alvos dos criminosos.
Share:

Gilmar Mendes solta ‘rei do ônibus’ de novo

Em 24 horas, ministro do Supremo estendeu os efeitos de medida liminar em favor do empresário que domina transportes do Rio Jacob Barata Filho, alvo maior da Operação Ponto Final

Luiz Vassallo e Julia Affonso

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF),  mandou soltar, de novo, o empresário Jacob Barata Filho, preso desde o início de julho na Operação Ponto Final, um desdobramento da Lava-Jato. Barata Filho é considerado o “rei dos ônibus no Rio” e é acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de pagar propinas a autoridades do Estado.

Gilmar concedeu nesta quinta-feira, 17, habeas corpus ao empresário. Pouco depois, o juiz federal Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, expediu novos mandados de prisão contra Barata. Nesta sexta-feira, 18, o ministro voltou a conceder liberdade a Barata.

“Ante o exposto, estendo os efeitos da medida liminar deferida nestes autos em 17.8.2017, para substituir prisão preventiva do paciente Jacob Barata Filho, decretada nos Autos 0504957-22.2017.4.02.5101, pelas medidas cautelares diversas da prisão, fixadas no despacho anterior. Comunique-se, com urgência, para que o Juízo de origem providencie a imediata expedição de alvará de soltura”, decidiu o ministro.

Na decisão desta sexta-feira, Gilmar Mendes voltou a impor restrições ao empresário.

Ele terá que comparecer periodicamente ao juízo da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, não poderá manter contato com outros investigados, não poderá deixar o País – em julho, ele fora preso quando tentava embarcar para Portugal –, terá que estar em casa à noite, fins de semana e feriados. Também não poderá assumir cargos de administração ligados a transporte coletivo, nem mesmo ingressar em quaisquer de seus estabelecimentos.

Ao determinar a extensão dos efeitos da medida liminar deferida na quinta-feira, 17, para substituir prisão preventiva de Jacob Barata Filho pelas medidas cautelares diversas da prisão, o ministro assinalou. “Tenho que as medidas cautelares anteriormente fixadas são suficientes para afastar a necessidade da prisão preventiva.”

Para Gilmar, a proibição imposta ao ‘rei do ônibus’ de se ausentar do país, com obrigação de entrega de passaportes, ‘é medida suficiente para reduzir o alegado risco de fuga’.

Jacob Barata Filho é dono de um conglomerado de empresas no Rio e em outros Estados com mais de 4.000 veículos. Herdou o negócio de seu pai, que atuava no ramo desde os anos 1960. Os negócios da família incluem operadores de turismo, entre outras empresas, e se estendem por Portugal.

COM A PALAVRA, O ADVOGADO MARLUS ARNS DE OLIVEIRA, QUE DEFENDE JACOB BARATA FILHO

Ao pedir novamente a liberdade do empresário Jacob Barata Filho, o rei do ônibus do Rio de Janeiro, o advogado Marlus de Oliveira afirmou que a decisão desta quinta-feira, 17, do juiz federal Marcelo Bretas, da 7ª Vara do Rio, que mandou prender o empresário nesta quinta-feira, 17,  foi realizada ‘com o único escopo de vilipendiar a autoridade de decisão’ do ministro do Supremo.
Share:

Blog Archive

Blog Willian Redondo - WhatsApp - (98) 9966-8347

Blog Willian Redondo - WhatsApp - (98) 9966-8347
E-mail: willian.redondoombrods@gmail.com