SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

CINISMO OU PATÉTICO: OPORTUNISTAS DE PLANTÃO TENTAM USURPAR DO GOVERNO DO ESTADO COM A PREFEITURA

,


Após 12 anos de mandato e sem nem sequer pisar em Pinheiro nos últimos três anos, o deputado federal Victor Mendes, com a maior cara de pau, tenta pegar carona em asfalto prometido pelo Governador Flávio Dino ao município pólo da baixada.
O filho do ex-prefeito de Pinheiro nunca teve nem a decência de destinar uma emenda para o município durante os seus dois mandatos de deputado estadual e um de deputado federal e agora vai para redes sociais dizer que estava “aguardando essa conquista”.
O mais contraditório, é que o deputado apoia e faz palanque para a ex-governadora Roseana Sarney e posa ao lado do Presidente da Assembleia, Othelino Neto (outro oportunista), que apoia e faz palanque para o Governador Flávio Dino.
Na foto ainda aparece o pai do deputado, Filuca Mendes que está inelegível devido aos espantosos rombos deixados na prefeitura de Pinheiro após três mandatos desastrosos que só serviram mesmo para o atraso do município, o enriquecimento da família Mendes, dona de quase todos os grandes empreendimentos da cidade e a “taca” que pegou nas urnas nas últimas eleições perdendo para Luciano Genésio.
O deputado Victor Mendes ainda é famoso na redes sociais pelo vídeo em que promete que “em apenas um ano, com ele deputado federal e o pai prefeito, Pinheiro ganharia a feira e o matadouro novos”; promessa repetida ano após ano durante os mandatos dele e do pai e o povo apenas a ver urubus.
Outro episódio que o tornou conhecido no país inteiro foi o calote que o deputado deu um babalorixá que não aguentava mais esperar o pagamento e foi a público cobrar pelo “serviço” que prestou ao deputado. Mas muito cuidado, não pode falar desse assunto que o deputado processa!
Como podemos ver o cinismo não tem fim e o deputado não pode ver uma vergonha que quer passar: Victor volta este ano para reeleição, mas sem serviço pra mostrar, só mesmo pegando carona no trabalho alheio e fazendo média na rede social. Lamentável