SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

MESMICES : CAIXAS ELETRÔNICOS DO BB EM PINHEIRO FICAM INOPERANTES RECLAMAM CLIENTES


FONTE BLOG ZÉ DA GRAÇA - PINHEIRO - MA

Quem precisa  utilizar os  serviços de autoatendimento da  agência bancária 0566-5 BB de Pinheiro-Ma , encontra  dificuldades por conta da mesmices . Os caixas eletrônicos continuam inoperantes durante os dias uteis e finais de semana e feriados prolongados, de acordo com denúncias que chegam ao nosso Blog.
São dezenas  de  reclamações  constantes. Os correntistas desta agencia 0566-5  afirmam que de segunda a sexta – feira as dependências da agencia ficam lotadas numa fila de espera pelos serviços indisponíveis e muitas reclamações são ouvidas  dentro e fora da  agencia .
Segundo os correntistas os caixas eletrônicos não fazem saques e nem sequer existem envelopes para deposito. Conversamos com alguns correntistas e eles afirmam que personalidades politicas e autoridades em sua maioria (como no caso (PROCOM) não dão a minima PARA O PROBLEMA QUE JÁ SE TORNOU CRONICO. SEMPRE ASSIM :  Chega segunda-feira e os caixas estão vazios. Os atendentes do banco somem e quando chegam é fora do horário. Afirmações   dos correntistas  é de movimento  intenso , principalmente por conta do pagamento dos servidores da ativa do governo municipal, estadual e federal além dos aposentados e pensionista . Relatos verdadeiros.

É caos total no serviço disponibilizado aos clientes, caixas sem cédulas e uns até desligados, nem envelope para depósito.   Denuncias e mais denuncias e nada é resolvido. O PROCOM saiu pela portas do fundo, a superintendência do Banco está no resguardo do fica assim, a ouvidoria ficou surda e muda , a vontade politica é mera coincidência  e a população vai dançando ao som da incerteza  no CABARÉ DO LASCA.
E FICA A PERGUNTA … A quem podemos levar denuncias para identificar e sanar o problema ?
(Fala PROCOM.)
Será que para ter o seu direito reconhecido pelas autoridades bancarias , a população vai precisar de entrar com ações judicias e outras medidas que visem sanar o problema ? (VEM AI UM ABAIXO ASSINADO… )
ALERTA: É fundamental  que a população se manifeste, exija seus direitos mediante os órgãos competentes a cobrar dos bancos, medidas para sanar o problema.

VAZOU: Ministro Da Justiça Do Governo Temer Está Envolvido Em Desvio De Dinheiro Em Operação Da Polícia Federal; VEJA!


O Ministério Público Federal e a Polícia Federal, encontraram documentos que comprovam o pagamento de pelo menos 4 milhões de reais ao escritório de advocacia do atual ministro da Justiça, Alexandre de Moraes.
Esse repasse segundo o MPF, seria de uma empresa investigada na Operação Acrônimo realizada pela Polícia Federal.
Foram apreendidos documentos que comprovam o repasse para o atual ministro da Justiça do governo de Michel Temer entre 2010 e 2014.
Na época segundo a PF, Moraes não exercia cargo público e isso aconteceu quando os agentes federais encontraram na mesa de um dos principais executivos da JHSF, empresa do setor imobiliário, uma planilha com o nome de Moraes que indicava uma sigla do PSDB.
O fato aconteceu no dia 16 de agosto e o nome do ministro da Justiça do governo Temer, estava associado à palavra Parkbem, uma empresa de estacionamento do grupo JHSF.
Moraes nesse caso se torna mais um ministro de Temer envolvido em escândalos e investigado pela Polícia Federal.

Vereador de Pinheiro acumula cargos no serviço público. E AGORA José … Diz pra BETO DE RIBÃO.

Vereador de Pinheiro acumula cargos no serviço público

Havidos 24 de março de 2015 o Blog Antonio Martins divulgava matéria que envolvia o vereador Leonardo Sá (PDT) por ter  acumulando salários no serviço público. Considerando o subsídio de vereador— de R$ ….. [fora verba indenizatória e demais benefícios] — e a remuneração de médico perito do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) — de R$ ….. —, Dr. Leonardo, como é mais conhecido, estaria recebendo dos cofres públicos, quase R$ ….mil mensais, que incluía os cargos no executivo federal e na Câmara de Pinheiro.
Como é sabido e de conformidade com a Lei, é vedado o exercício simultâneo de mandato eletivo de Vereador por parte de servidor público que acumule ilicitamente dois cargos públicos, ainda que haja compatibilidade de horários.
Desta vez quem incorre na  suposta ilicitude do acumulo de cargos é o Vereador BETO DE RIBÃO, o dito cujo que por denuncia do ex-prefeito Filuca Mendes, condenava o  ex-vereador Leonardo Sá. VEJA O VÍDEO.

O QUE DIZ A LEI:
Tendo por objetivo a garantia de uma eficaz prestação dos serviços públicos à sociedade e a busca por melhor qualificação e comprometimento por parte dos agentes públicos, o constituinte estabeleceu, no art. 37, inciso XVI, da Carta Magna, como regra geral, a vedação ao acúmulo de cargos públicos.
Contudo, nas alíneas subsequentes, foram estabelecidas algumas exceções a tal regra geral, de modo que deverá ser admitida a acumulação naqueles casos exaustivamente arrolados na Constituição.
XVI – é vedada a acumulação remunerada de cargos públicos, exceto, quando houver compatibilidade de horários, observado em qualquer caso o disposto no inciso XI:
a) a de dois cargos de professor;
b) a de um cargo de professor com outro técnico ou científico;
c) a de dois cargos ou empregos privativos de profissionais de saúde, com profissões regulamentadas;
Note-se que, por expressa previsão do inciso XVII do mesmo art. 37, a proibição de acumular estende-se a empregos e funções e abrange autarquias, fundações, empresas públicas, sociedades de economia mista, suas subsidiárias, e sociedades controladas, direta ou indiretamente, pelo poder público.

A denúncia sobre a compatibilização de carga horária do “Dr. Leonardo” foi apresentada à Justiça pelo prefeito Filadelfo Mendes Neto, o Filuca (PMDB), no mês de julho de 2012.
A irregularidade ocasionou a abertura de uma ação penal no Tribunal Regional Federal da 1ª Região contra o parlamentar pinheirense.
INVESTIGADO NA CÂMARA
A Câmara Municipal do Pinheiro instalou uma comissão para apurar as denúncias sobre as irregularidades cometidas pelo vereador Leonardo Sá. Um edital convocando chegou a ser publicado no Diário Oficial do Estado. Ainda essa semana o blog vai trazer detalhes sobre o assunto.

O QUE DIZ A LEGISLAÇÃO?
O artigo 37 da Constituição Federal, inciso 16, diz que é vedada a acumulação remunerada de cargos públicos, exceto a de dois cargos de professor, com outro técnico ou científico, ou empregos de profissionais da saúde.

De acordo com o texto, a proibição estende-se a empregos e funções em autarquias, fundações, empresas públicas, sociedades de economia mista, suas subsidiárias, e sociedades controladas, direta ou indiretamente, pelo poder público.
E AGORA José … Diz pra BETO DE RIBÃO.

FRASE DO DIA...

 Do governador Flávio Dino, ao fazer análise da conjuntura política nacional e respondeu a uma série de perguntas dos jornalistas no diálogo com a mídia alternativa brasileira, na tarde desta segunda-feira (29), na sede do Centro de Estudos Barão de Itararé.

Flávio Dino: Privar Lula de liberdade é uma violência

Flávio Dino (PCdoB) avalia que os "julgadores de Lula foram muito passionalizados, pouco sóbrios e pouco comprometidos até mesmo com a aparência de imparcialidade".
Sobre a disputa presidencial, ele defende que "passada a eleição, não é possível nenhum tipo de reparação a Lula". Ele ressalta ser uma "violência privar Lula de sua liberdade".

Ex-juiz federal, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), concedeu nesta segunda-feira 29 uma entrevista coletiva no Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé, em São Paulo, em que comentou a condenação em segunda instância do ex-presidente Lula no TRF4, em Porto Alegre.

Ele observou que "as pessoas estão vendo e há consenso, na comunidade dos intérpretes da lei, de que o julgamento foi atípico. "Os julgadores de Lula foram muito passionalizados, pouco sóbrios e pouco comprometidos até mesmo com a aparência de imparcialidade", afirmou. "É um absurdo que a pena de Lula seja fixada justamente para evitar a prescrição", criticou ainda.

Sobre a disputa presidencial desse ano, Dino defendeu que "passada a eleição, não é possível nenhum tipo de reparação a Lula". "Em condições normais, a lei garante a Lula o direito a uma liminar para disputar a eleição. É uma luta justa e legítima", disse.

Ele ressalta ser "fundamental que, com preferência ou não pelo presidente Lula, todos que acreditam na Constituição e na democracia reconheçam a violência que é privar Lula de sua liberdade".

"Temos de empreender essa luta institucional pelo direito de Lula ser candidato. Os recursos são escassos, mas existem. É uma dimensão fundamental da luta de classes, pois é disso que se trata", analisou.

Para ele, "a principal contradição e questão da luta de classes no país, hoje, é a narrativa em torno do julgamento de Lula. Inviabilizar um candidato como caminho para a aplicação de um programa de retrocessos".

O governador também faz uma crítica indireta ao juiz Sergio Moro, que condenou Lula em primeira instância: "O desejo de aparecer em capa de revista, ganhar o prêmio de homem do ano, calcular ações a tempo de sair no Jornal Nacional... são coisas que contaminaram o Judiciário".

Vídeo de Cristiane Brasil causa mal-estar no PTB



Planalto diz que vai seguir até o fim com a nomeação de deputada mesmo após novo episódio
O vídeo em que a deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) aparece a bordo de uma lancha e se defende das ações que responde na Justiça do Trabalho causou mal-estar no Palácio do Planalto e entre integrantes do PTB.

Reservadamente, um deputado afirmou que a escolha de Cristiane para assumir o Ministério do Trabalho já trouxe muito desgaste ao partido e que outro nome não foi indicado até agora somente porque ela é filha do presidente da legenda, Roberto Jefferson.

Apesar do novo episódio, o Planalto diz que vai seguir até o fim com a nomeação de Cristiane e que espera que o Supremo Tribunal Federal (STF) tome um decisão definitiva sobre o caso em breve. No PTB, por enquanto, também não se fala em um novo nome para assumir o cargo.
Indicada para a pasta  em 3 de janeiro, a deputada vem sofrendo uma série de reveses na Justiça por conta de condenações em ações trabalhistas. Na semana passada, a presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, suspendeu a posse por meio de uma decisão liminar (provisória).

Na gravação, que viralizou nas redes sociais, Cristiane aparece ao lado de amigos em traje de banho e diz que “todo mundo pode pedir qualquer coisa abstrata” na Justiça do Trabalho. Ela também afirma não entender por que está sendo processada. “Eu juro para vocês que eu não achava que eu tinha nada para dever para essas duas pessoas que entraram contra mim e eu vou provar isso em breve”, disse.

A deputada foi condenada a pagar R$ 60 mil por dívidas trabalhistas a um de seus ex-motoristas e também fez um acordo com um outro empregado. As condenações motivaram entidades a entrar na Justiça para impedir a posse dela no ministério.

Com informações de O Estado de São Paulo

Flávio Dino diz que disputará eleição contra desejo de restauração do império de privilégios

Segundo Dino, a oligarquia nunca desistiu de ter de volta os privilégios de outrora, “eles acreditavam que o nosso governo ia fracassar, e que voltaria ao colo deles por inércia”. 
Em diálogo com a mídia alternativa brasileira, ocorrido na sede do Centro de Estudos Barão de Itararé, na tarde desta segunda-feira, o governador Flávio Dino fez uma análise da conjuntura política nacional e respondeu a uma série de perguntas dos jornalistas presentes.

Uma das questões foi em relação as eleições de outubro no Maranhão. De acordo com Flávio Dino, o pleito, provavelmente, será contra um desejo de restauração do império de privilégios representado pela suposta candidatura da ex-governadora Roseana. 

“Será plebiscito do governo dos 99% contra os governos dos 1%. E eles são movidos por esse objetivo de acesso a fonte de riqueza, privilégios de casta, classes, que eles perderam e tem sentido falta”, disse o governador ao se referir a família Sarney.

Ainda segundo Dino, a oligarquia nunca desistiu de ter de volta os privilégios de outrora, “eles acreditavam que o nosso governo ia fracassar, e que voltaria ao colo deles por inércia”. 

O governador disse que nunca houve trégua nenhuma, todos os dias, rigorosamente, o império midiático sarneyzista se dedica a atacá-lo. “Fake news não tem nada de novidade, a gente convive com isso todos os dias”, destacou.

Flávio Dino comentou também que a eleição de outubro será plebiscitária, entre o que foi feito nos últimos três anos e o que a oligarquia Sarney fez nos seus 50 anos de poder. 

Ele explicou ainda que o campo político oligárquico se enfraqueceu porque o atual governo é bem avaliado e tem conseguido ampliar o arco de alianças. “Nesse momento o plebiscito me favorece”, completou Dino.

Violência: Homem persegue e mata adolescente de 17 anos após ser denunciado por pedofilia

Júlia Beatriz Nascimento Souza, 17, foi alcançada pelo homem e alvejada na nuca, nas costas e no peito com diversos golpes de faca. A jovem não resistiu aos ferimentos.

Um homem de 38 anos perseguiu e assassinou a facadas uma jovem de 17 anos. De acordo com os parentes da vítima, o homicídio aconteceu por vingança, já que em 2016, a ex mulher teria o denunciado à polícia por ter estuprado sua afilhada. Ele é indiciado por estupro de vulnerável, inquérito que ainda tramita na Polícia Civil de Rio grande da Serra. Desde então não era mais visto pelos familiares. Segundo depoimento do namorado da vítima, que é afilhado do acusado, na noite do último sábado (27), ele, junto com sua namorada e sua irmã teriam avistado o ex padrasto do rapaz no centro da cidade, portando uma mochila. Segundo os jovens, o homem os “encarava” o tempo todo. Momentos depois, decidiram ir até o terminal Rodoviário, onde pegaram um ônibus e partiram até a casa do jovem, localizada no bairro Vila Suissa, em Ribeirão Pires.
Quando os jovens chegaram perto de casa, Paulo Cesar Alves de Oliveira, já os esperava em uma via pública, perto da residência. No entanto, dessa vez, o homem tirou uma faca de dentro da mochila, foi quando os três jovens decidiram correr.
Júlia Beatriz Nascimento Souza, 17, foi alcançada pelo homem e alvejada na nuca, nas costas e no peito com diversos golpes de faca. A jovem não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O assassino conseguiu fugir. A Guarda Civil Municipal e a Polícia Militar trabalham juntas para encontrar o acusado, que teve prisão decretada e encontra-se foragido. Qualquer informação pode ser encaminhada através do telefone 181, onde a pessoa não precisa se identificar.

Irmão de Jackson Lago diz que inexiste a possibilidade da família Sarney ganhar eleição no tapetão novamente

Ex-deputado Wagner Lago, irmão do ex-governador Jackson Lago.
O ex-deputado Wagner Lago, irmão do ex-governador Jackson Lago, concedeu entrevista pra o Jornal Pequeno neste final de semana e fez uma avaliação dos cenários para a eleição de outubro. Para ele, seria interessante para o processo político se Roseana Sarney fosse candidata.
“Ocorre que os tempos são outros. Inexiste a possibilidade de ganhar no tapetão, como das outras vezes. A eficácia da gestão atual pode desestimular essa pretensão, apesar da grande vontade e saudade dos órfãos do poder maranhense. Acredito que, dificilmente, ela entrará nesta disputa”, analisou.
De acordo com ele, não haverá tapetão e também não haverá mais estelionatos eleitorais como aqueles da refinaria e da fábrica de confecções, do Pólo de Rosário, inclusive com a vinda de presidentes da República ao estado.
“Vale lembrar que o estelionato da fábrica de confecções culminou com a presença no Maranhão do então presidente Fernando Henrique Cardoso, e a refinaria, outro estelionato eleitoral, com a presença do então presidente Lula. Felizmente, o quadro atual é outro”, ressaltou.
Segundo Wagner, o Maranhão está vivenciando uma real e exitosa alternância de poder que Jackson Lago iniciou em décadas de luta. Naquela ocasião, conta ele, os donos do poder interromperam esta alternância de forma brutal e draconiana, para entronizar a derrotada, que teve um terceiro mandato obtido no tapetão.
“O primeiro foi tomando do Cafeteira em 1994, numa operação às caladas da noite, com transfusão de votos brancos e nulos para a candidata. O segundo foi o brutal abuso de poder econômico e da máquina pública, em que a então governadora, hospitalizada, vencia a morte, inibindo a oposição. O terceiro foi o golpe da cassação do Jackson, que estarreceu o país, em 2009, com promessa, não cumprida, de imortalidade na Academia Brasileira de Letras para o relator”, relatou.
Além dos episódio supracitados, houve um quarto que, segundo ele, foi uma ultrapassagem misteriosa, por milésimos de segundos, como se poderia dizer, “em cima do Flávio e acabou não ocorrendo o segundo turno, com essa maquinação, naquele pleito, em 2010. Entretanto, em 2014, foram fragorosamente derrotados com um 1 milhão de votos de diferença”.

Vídeo em que idosa de 72 anos defende o ex-presidente Lula já teve quase 4 milhões de visualizações. VEJA

FONTE: BLOG ZÉ DA GRAÇA
 No vídeo, a idosa diz que Lula não é ladrão e quando ele era presidente “o pobre comia, e comia bem”.
Continua ela: “E agora querem prender o Lula o ladrão, mas o Lula não é ladrão, não, ladrão é quem tá fazendo essa maldade, essa moita, esse esconderijo de safadeza para tirar o Lula dos direitos que ele tem”.
Em seguida, ela chama o presidente Michel Temer de “sem-vergonha” e diz que ele “só deu milha para o pobre”.

Comentários

Mais de 50 prefeituras não podem receber recursos voluntários do Estado e da União

prefeitos-irregulares-maranhao-transparencia-e1516748065331-1260x800
Falta de transparência impede celebração de convênios e contratos com os municípios. Apenas transferências constitucionais não são afetadas pela regra.
Por falta de transparência com a gestão da coisa pública, mais de 50 prefeituras no Maranhão estão impedidas de receber transferências volutarias do Estado e da União, por meio da celebração de convênios e contratos de repasse. Os dados foram levantados pelo ATUAL7, no início da noite desta terça-feira 23, com base na análise mais recente do Tribunal de Contas do Estado (TCE).
De acordo com a Lei Complementar nº 131/09, é obrigatório a todos os entes federativos divulgar, em tempo real, informações pormenorizadas sobre a execução orçamentária e financeira, em meios eletrônicos de acesso público, por meio de sistema integrado de administração financeira e controle. Este sistema é regulamentado pelo Decreto n.º 7.185/2010, que define o padrão mínimo de qualidade.
O CAUC (Cadastro Único de Convênios), serviço auxiliar de informações para transferências voluntárias do governo federal, que funciona como uma espécie de cadastro para proteção ao crédito entre entes públicos, por exemplo, atualizou na semana passada portaria da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) que regulamenta itens específicos que condicionam a obtenção de transferências voluntárias.
Em portaria anterior, publicada em outubro do ano passado, a STN já havia confirmado o estabelecimento de regras para liberação de transferências voluntárias e de contratação do poder público para operações de crédito. Dentre as considerações feitas está incluída o cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) em relação aos portais da transparência.
Foi com base na mesma legislação, inclusive, que a Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur) baixou portaria em dezembro passado, exigindo das prefeituras maranhenses a apresentação de certidão do TCE-MA que ateste regularidade quando ao cumprimento da lei, a fim de celebração de convênios com o Estado para o Carnaval 2018. Pelo menos 66 prefeituras não se regularizaram a tempo e, por isso, não poderão celebrar convênio para as festividades de Momo.
Na prática, municípios em que a administração municipal estiver na marginalidade ficam impossibilitados de receber recursos voluntários federais e estaduais. Essa restrição não se aplica apenas aos convênios para a realização das festas do Carnaval, mas também para convênios para outros setores como saúde, educação, turismo, desenvolvimento social, meio-ambiente e infraestrutura.
Apenas transferências constitucionais — rateio da receita proveniente da arrecadação de impostos entre os entes federados —, como Fundo de Participação dos Municípios (FPM), Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e royalties não são afetadas pela regra.
No âmbito do TCE-MA, a fiscalização da atualização do Portal da Transparência pelas prefeituras tem sido realizada durante o acompanhamento trimestral da gestão fiscal e na análise das contas anuais de governo.
Dos 66 municípios que até semana passada estavam irregulares, inclusive, pelo menos 12 — Alto Alegre do Pindaré, Bom Jardim, Buriticupu, Capinzal do Norte, Coelho Neto, Colinas, Jenipapo dos Vieiras, Santana do Maranhão, São Bento, São Félix de Balsas, Tuntum e Turilândia — já atualizaram seus respectivos portais orçamentários, mas, ainda assim, pelo menos em relação aos convênios carnavalescos, continuam impedidos de receber apoio financeiro do Estado, por a regularização haver sido feita já fora do prazo determinado pela Sectur para apresentação da certidão da Corte de Contas.
Já no âmbito do Ministério Público do Maranhão, a aplicação da lei está sendo feita por meio da expedição de recomendações aos prefeitos, por promotores de Justiça das comarcas de fora da capital, para que os gestores municipais se regularizarem. Os que ignoram o alerta do Parquet e persistem na delinquência estão sendo alvo de ações de improbidade administrativa.
Abaixo, por ordem alfabética, a relação dos 54 municípios que ainda estão irregularidades, e por isso impedidos de receber transferências voluntárias do Estado e da União até que, comprovadamente, se regularizem:
Água Doce do Maranhão
Altamira do Maranhão
Amapá do Maranhão
Anajatuba
Araioses
Bacabal
Bacabeira
Bacuri
Bela Vista do Maranhão
Benedito Leite
Bom Jesus das Selvas
Brejo de Areia
Buriti Bravo
Cachoeira Grande
Codó
Davinópolis
Dom Pedro
Estreito
Formosa da Serra Negra
Fortuna
Governador Eugênio Barros
Governador Luiz Rocha
Graça Aranha
Joselândia
Lajeado Novo
Luís Domingues
Magalhães de Almeida
Mirador
Miranda do Norte
Mirinzal
Morros
Olinda Nova do Maranhão
Palmeirândia
Parnarama
Paulino Neves
Presidente Sarney
Presidente Vargas
Rosário
Santa Quitéria do Maranhão
Santa Rita
Santo Antônio dos Lopes
São Bernardo
São Domingos do Maranhão
São Francisco do Maranhão
São José dos Basílios
São Mateus do Maranhão
São Pedro da Água Branca
São Roberto
Serrano do Maranhão
Tasso Fragoso
Tufilândia
Tutoia
Vila Nova dos Martírios
Vitorino Freire

Homens são mortos com requintes de crueldade em São Vicente Ferrer

De acordo com a Polícia Militar de São Vicente Ferrer, os dois homens executados com requintes de crueldade na cidade são naturais das cidades de Penalva e Pinheiro.
Dois homens foram mortos a tiros na zona rural da cidade de São Vicente Ferrer neste domingo (28). Os corpos foram encontrados por populares no povoado São José por volta de 11h. 

Eles foram identificados como Dourival Pereira, conhecido como ‘Lourico’, de 39 anos, natural do povoado Jacaré, município de Penalva; e Abimael Pereira dos Santos, conhecido como ‘Fábio’, de 36 anos, natural de Pinheiro.
Os dois homens residiam atualmente no povoado Santa Rosa na zona rural de São Vicente Ferrer.

Uma das vítimas estava com as mãos amarradas para trás. Os dois corpos estavam com várias perfurações de disparos de arma de fogo, além de hematomas pelo corpo.

No local do crime, a policia encontrou uma moto Honda Fan 150cc, cor vermelha, placa OIZ-5852,  dois relógios e documentos pessoais. O veículo seria de Abimael.
Segundo relatos de policiais, as vítimas eram suspeitas de envolvimento com roubo de gado e cavalos, além de crimes de pistolagem e estelionato.

A polícia iniciou as investigações para chegar aos autores desse duplo homicídio, mas até o momento nenhum suspeito foi localizado.

Maranhão é o 3º maior produtor de mel do Nordeste; região Alto Turi se destaca


Mel produzido no Maranhão que é o terceiro maior produtor do Nordeste


Dados divulgados em dezembro de 2017 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (Ibge), referentes ao levantamento realizado em 2016 para o Censo Agropecuário, constatam que o Maranhão é o terceiro maior produtor de mel do Nordeste.
De acordo com o levantamento do Ibge, o Maranhão produziu, em 2016, 1.700 toneladas de mel, ficando atrás somente dos estados da Bahia (3.590 ton.) e Piauí (3.000 ton.). No ranking nacional, o Maranhão ocupa a oitava colocação, sendo o estado do Rio Grande do Sul o maior produtor do país com 6.200 ton.
O presidente da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão (Agerp/MA), Júlio César Mendonça, explica que o Maranhão ocupava a 4ª colocação do Nordeste, atrás do Ceará. Em 2016, com a produção de 1.700 ton, o Maranhão alcançou a terceira colocação. O Ceará foi para o 4º lugar com 1.100 ton produzidas.
Esse bom resultado, segundo Júlio César Mendonça, é resultado do trabalho que o Governo do Estado promove com os criadores de abelhas do Maranhão, principalmente os serviços de assistência técnica. Na avaliação deles, os dados, também, demonstram que as condições climáticas e de pasto apícola são favoráveis para o desenvolvimento intensivo de abelhas africanizadas no Maranhão.
Alto Turi
No Maranhão, a região do Alto Turi é a que mais produz e o município de Santa Luzia do Paruá é o primeiro colocado da região, com 387 toneladas. Em segundo lugar ficou o município de Maranhãozinho, com 288 ton, seguido de Maracaçumé, em terceiro, com 167 toneladas. Outros municípios que se destacam na produção Junco do Maranhão (133 ton.) e Viana (127 ton).
Os números da produção municípios expressam a produtividade que vem crescendo no Maranhão, principalmente por causa dos investimentos que o Governo do Estado, por meio do Sistema da Agricultura Familiar, destina à execução do Programa Mais Produção.
É por meio do Programa Mais Produção que o Governo do estado está incrementado a Cadeia Produtiva do Mel. O Sistema de Agricultura Familiar, Sistema (SAF) é formado pela Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (SAF), Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão (Agerp/MA) e Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma/MA).
Júlio César Mendonça destaca a importância da participação da Agerp/MA, em prol do desenvolvimento da meliponicultura e apicultura no Maranhão. “Apoiamos essa cadeia produtiva com ações como a qualificação de nossos produtores, tornando essa atividade uma excelente fonte de rendimento, que chega aos produtores de forma rápida e melhoria na qualidade de vida deles”.
Desde 2015, o Governo do Estado investe na capacitação de agricultores familiares, criadores de abelhas e técnicos agropecuários. Em 2017, foram qualificados 162 criadores de abelhas e 83 técnicos barreiristas da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged-MA) foram capacitados.
Por meio das atividades do projeto Dias de Campo, mais 206 criadores tiveram acesso ao conhecimento de técnicas de Produção de Rainhas e Criação de Abelhas Nativas.
Com uma parceria firmada entre o Governo do Estado, por meio da Agerp e a Prefeitura de Santa Luzia do Paruá, foi instalado o Núcleo de Produção de Abelhas Rainhas Africanizadas, que faz parte das ações do Mais Produção, que visa tecnificar a atividade apícola e fortalecer a agricultura familiar.
É a primeira vez, na história da apicultura do Maranhão, que o Governo investe em tecnologia para explorar o potencial apícola existente. Já em funcionamento desde 2017, mais de trinta criadores foram treinados e cerca de 50 rainhas produzidas, substituindo rainhas “velhas” por “novas” em que vai melhorar a produtividade dos criadores de abelhas africanizadas até 30%.
Outra ação destacada da Cadeia Produtiva do Mel, são as reformas e adequações de entrepostos de mel com o objetivo de agregar valor ao produto.
Em Junco do Maranhão, o Governo do Estado investe na unidade de beneficiamento de mel do município e terá capacidade de processar até 5 ton/dia de mel, suficiente para atender o mercado regional. O entreposto de mel de Junco está em processo de registro na Aged-MA, visando ofertar um produto de qualidade ao consumidor.
Para o secretário de Estado da Agricultura Familiar, Adelmo Soares, a agricultura familiar é o eixo de desenvolvimento e as ações que o Governo do Estado desenvolve nesse setor são concretas para melhorar a vida no campo. “O governador Flávio Dino tem levado conhecimento e produção em diversas áreas. Acreditamos que a partir da assistência técnica contínua e permanente, promovida em parceria com a Agerp, iremos alavancar o desenvolvimento do setor produtivo e a vida dos agricultores familiares”.

Polícia desmantela laboratório de fabricação de loló no bairro Areinha, em São Luís

Policiais do GTM do 9º BPM desmantelaram, pela segunda vez, um laboratório de fabricação da substância entorpecente conhecida como ‘loló’, na Avenida 02, quadra 54, casa 9B, no Bairro Areinha, em São Luís. 

Na ocasião, foram presos Robson Cássio Sá Silva e Simone do Socorro Castro Martins.

Segundo relatos da guarnição, durante rondas no bairro, por volta de 22h45 de sexta-feira (26), o casal foi visto saindo de uma residência, em atitude suspeita. Como esse imóvel já fora alvo de operação policial que desmantelara um laboratório de fabricação de loló, os policiais decidiram revistar o casal.

Com os dois, foi encontrado um vidro da substância entorpecente, o que levou à revista do imóvel, depois de autorização do próprio casal.

No interior da casa, foi constatado que o laboratório estava em pleno funcionamento. Todo o material usado na fabricação de loló foi apreendido.
Diante das constatações da policial, o casal terminou confessando que continuava fabricando e comercializando a substância entorpecente.

No laboratório, foram apreendidos 50 frascos de água oxigenada, 360 frascos de coleta de sangue, 14 litros de álcool 70%, três vasilhames de 5 litros secos, um vasilhame de 10 litros seco, dois sacos com recipiente de 50 ml, dois celulares, duas gaiolas, dois passarinhos, um cordão prata, um veículo Vectra, placa NNI-3108, de cor preta, e um vasilhame contendo CPHD236/44 (cloreto de sódio+cloreto de potássio+associações), um concentrado ácido para tratamento de hemodiálise.

Depois de receberem voz de prisão em flagrante, os responsáveis pela fabricação do entorpecente foram conduzidos ao plantão do Anjo da Guarda para serem autuados.
Suspeito de tráfico é preso com dez tabletes de maconha no bairro Cruzeiro do Anil, em São Luís
Policiais do Esquadrão Águia do Batalhão de Choque prenderam, neste sábado (27), Marcos Vinicius Costa Lopes, de 33 anos, residente na Travessa dos Índios, 05, no bairro Cruzeiro do Anil, em São Luís, suspeito de tráfico de drogas.

Segundo informações dos policiais, a guarnição fazia patrulhamento em local de intenso tráfico de drogas, na Rua Militar, quando avistaram Marcos Lopes escondido no mato, em atitude suspeita.

Após a revista pessoal, foi encontrada com o mesmo uma balança de precisão, dois tabletes de maconha, dois rádios de comunicação HT e dois rolos de papel filme.

Após a prisão, ele indicou o local onde havia enterrado uma quantidade significativa de maconha. No local indicado, foram encontrados mais oito tabletes da droga.

Foram apreendidos um aparelho celular samsung preto, 10 tabletes de maconha, duas balanças de precisão, dois rolos de papel filme, dois rádios de comunicação portátil HT e a quantia de R$ 6,00 (seis reais).

O conduzido foi apresentado sem lesões corporais.

Pai e filho são presos por suspeitas de tráfico de drogas no bairro Alemanha, em São Luís

Policiais do GSA do 9ºBPM, com o apoio da Equipe Tornado Golf, conseguiram prender dois suspeitos de tráfico de drogas no Bairro Alemanha, em São Luís, na tarde de sexta-feira (26).

Os presos são pai e filho. Eles foram identificados como Timóteo Marcelo Lima Ramos, de 19 anos, e Claúdio Márcio Garcia Ramos, de 47 anos, residentes na Rua Pires Saboia, no bairro Alemanha.

Segundo relato dos policiais, a operação para desarticular a boca de fumo na residência dos suspeitos foi desencadeada após recebimento de denúncias anônimas de que vários homens estavam comercializando drogas e de posse de armas de fogo.

Após abordagem e buscas no interior da residência, os policiais encontram, mais de dois quilos de maconha. 

Cláudio Márcio, pai de Timóteo, tentou empreender fuga, entrando em uma casa e pulando os muros da mesma, saindo na rua paralela. Ele foi alcançado e também recebeu voz de prisão.

Pai e filho foram conduzidos à Senarc, onde Timóteo  assumiu a propriedade da droga e foi autuado em flagrante.